quinta-feira, 14 de julho de 2011

O Vento


Pensar no vento como um assovio que percorre o ouvido, que entra na mente e voa por todo ser. Esse assovio é a musica mais bela que se pode ouvir, um som maravilhoso e angelical. Onde conta os segredos mais escondidos.
Está tudo ali, tudo aqui. Vendo, ouvindo, sentindo... sentindo. Como assim não sei onde encontrar? Parou pra ouvir? Fechou os olhos pra enxergar? Do que precisa? O Que quer?
Não. Não é fácil, porém é simples. Não preciso de ninguém, mas preciso de todos. Não preciso de nada, mas preciso de tudo.
Sigo a vida sendo três, mas buscando ser um só, tenho pena de quem acredita no mundo e admiro quem acredita também. Somos bons sendo maus e treinamos ser bons. Sinto que sou tudo quando não sou nada. Mas quando penso no vento assoviando, sabendo que ele está ali o tempo todo, fico feliz e espero. Estou aguardando.
Então... que venha!


Zaupa Junior

2 comentários:

  1. parou pra sentir? então pare e sinta que amores estão sempre ao seu lado, como vento.

    lindo tetrain!

    ResponderExcluir